Veja 5 dicas para montar plano de carreira na Odontologia!

Publicado em 31/01/2022 00:00 - Atualizado em 03/08/2022 20:21

Muitos estudantes se dedicam às disciplinas e às demandas da vida universitária para conquistar satisfação pessoal e garantir estabilidade financeira na profissão. No entanto, às vezes, não basta ter um alto rendimento nas matérias para garantir experiência profissional. É preciso, também, saber como montar plano de carreira!

Pensando nisso, este conteúdo mostra o que é, para que serve, quais são os tipos e por que um plano de carreira é necessário na Odontologia. Depois, o texto dá as melhores dicas para quem quer definir objetivos e estipular metas na profissão, desde mapear as competências até investir no conhecimento e na especialização em uma área da ciência odontológica.

Boa leitura!

O que é e para que serve um plano de carreira?

Antes de tudo, é importante entender o que é o plano de carreira, uma ferramenta que projeta a trajetória do estudante na faculdade, ajudando a pessoa a determinar objetivos e se comprometer com as metas. Da mesma forma, esse programa estruturado auxilia o aluno a criar uma expectativa em relação à profissão, inspirando-o a seguir os seus sonhos e se dedicar para conquistar os resultados.

Quais são os tipos de plano de carreira?

Até aqui, você sabe o que é um plano de carreira. Mas sabe quais são os modelos desse tipo de sistema que ajuda estudantes a vislumbrar o futuro profissional?

Estes são os tipos de plano de carreira mais comuns:

  • carreira horizontal, que não implica mudança no nível hierárquico, isto é, todos os cargos têm o mesmo nível na instituição — esse é um modelo comum entre os cirurgiões-dentistas que trabalham em uma clínica especializada;
  • carreira em linha, em que a mudança de área dificilmente faz parte do plano de carreira;
  • carreira paralela, muito comum em seleção de trainees, divide os colaboradores com pretensão a cargos de liderança dos outros funcionários, com menor possibilidade de crescer na profissão;
  • carreira em Y, que oferece a possibilidade seguir como gerente ou especialista na empresa;
  • e carreira em rede, muito similar ao modelo em Y, mas com mais cargos a serem escolhidos ao longo da trajetória profissional em uma instituição.

Por que é importante montar plano de carreira na Odontologia?

A Odontologia é uma ciência que abrange uma vasta área do corpo humano que compreende desde o crânio até a face, passando pelo pescoço e a cavidade bucal. Não é por menos que esse saber se divide em inúmeras disciplinas, como a Ortodontia (sobre o desenvolvimento da dentição) e a Implantodontia (dedicada a implantes dentários).

Para ajudar a ter clareza sobre o que fazer, é importante montar um plano de carreira na Odontologia. O planejamento possibilita investir mais tempo em áreas afins e que são estimulantes para o estudante, podendo motivá-lo a fazer uma especialização após a graduação e a se dedicar a um trabalho específico no ramo odontológico, por exemplo.

Como montar seu plano de carreira na Odontologia?

Você já sabe que o plano de carreira é muito importante para ter sucesso na Odontologia. Mas como montar esse planejamento profissional? Veja estas dicas práticas!

1. Determine seu objetivo profissional

A lista não poderia começar de outro modo, pois todo plano de carreira, seja um modelo mais hierarquizado, seja uma categoria mais horizontal, depende de um objetivo claro e bem definido. Nesse sentido, comece a planejar a ascensão na carreira, traçando o seu propósito e a sua missão na profissão.

Uma dica para esse momento é inspirar-se em outros profissionais, o que ajuda o bom aluno a se motivar para os estudos e, futuramente, ser um especialista ético, competente e reconhecido no segmento em que atua.

2. Defina os prazos

Após determinar os objetivos, o estudante deve pensar em como atingir as metas ao longo da sua trajetória acadêmica e profissional. Ah, não vale estipular prazos irreais e que, dificilmente, podem ser alcançados. O melhor é colocar um tempo viável para você atingir o seu propósito e começar a crescer na carreira.

3. Aposte no conhecimento

Não há como pensar em um plano de carreira que não inclua o investimento no conhecimento. Ainda mais quando o assunto envolve a Odontologia, uma área que requer do profissional cirurgião-dentista saberes técnicos e muita dedicação aos estudos.

Por isso, o primeiro passo para ser bem-sucedido na Odontologia é matricular-se em uma boa faculdade, com professores experientes, infraestrutura e parceria com consultórios odontológicos, por exemplo.

4. Mapeie as suas competências

Cada estudante tem competências que o ajudam a ganhar experiência nas inúmeras áreas da Odontologia. Dessa forma, a dica é mapear as suas principais qualidades e usar o know-how — um saber que ajuda o profissional a superar os desafios e tratar os diferentes problemas bucais dos pacientes — como facilitador na sua carreira de cirurgião-dentista.

5. Invista em capacitação contínua

Para ser um cirurgião-dentista qualificado, é preciso estar sempre se atualizando, já que as técnicas avançam e o mercado odontológico desenvolve novos produtos e máquinas para otimizar os tratamentos bucais.

Por isso, você deve incluir, no seu plano de carreira, a participação em eventos acadêmicos, cursos e treinamentos. E, concluindo a graduação, o ideal é investir na especialização para aprofundar o conhecimento em uma área da Odontologia.

Por que a faculdade é importante no plano de carreira?

Respondendo a questão, a faculdade tem um papel fundamental para o êxito do plano de carreira do estudante. O motivo é que, a depender da instituição em que está matriculado, o aluno tem acesso às disciplinas fundamentais da sua área e pode expandir os contatos profissionais na instituição, assistindo a aulas com alguns dos melhores cirurgiões-dentistas e professores experientes da Odontologia.

Este artigo explicou como montar plano de carreira, uma ferramenta que ajuda você a projetar a sua vida profissional, estabelecendo objetivos e metas na sua trajetória de cirurgião-dentista. Portanto, coloque as dicas em prática e não perca a sua vontade de sempre conhecer mais sobre a saúde oral e o funcionamento bucal dos seres humanos.

Ainda tem dúvidas ou quer compartilhar a sua experiência sobre plano de carreira na Odontologia? Não pense duas vezes e deixe um comentário aqui!