Uso de smartphones e mídias sociais no ensino odontológico

Publicado em 13/05/2020 00:00 - Atualizado em 08/08/2022 16:56

Na odontologia e em outras áreas da saúde, verifica-se uma tendência crescente de se usar smartphones e mídias sociais no processo educacional, devido ao aprendizado colaborativo, comunicação aprimorada e compartilhamento de conhecimentos.1,2 Esses fatores direcionam para um novo modo de difusão de informações para a formação e prática profissional.

De fato, estudantes de odontologia confiam, pelo menos em parte, em recursos on-line (e-learning) para balizar suas necessidades de prática. O e-learning pode aprimorar as percepções sobre conceitos fundamentais e permitir a aplicação desse conhecimento em atividades clínicas.Neste cenário, o uso combinado smartphones/mídias sociais tem despertado grande interesse na educação odontológica em diferentes abordagens e realidades de ensino.

Um levantamento3 realizado entre 232 estudantes de odontologia australianos demonstrou que a maioria dos entrevistados usava smartphones para diversas atividades de aprendizado. Um percentual de 63,7% dos estudantes usava smartphones para acessar mídias sociais, impactando positivamente na melhoria do acesso ao material de aprendizagem, de forma mais independente.

Esta tendência também foi observada entre um grupo de estudantes de odontologia norte-americanos. Dos entrevistados no estudo4, a maioria (60%) relatou utilizar smartphones para acessar recursos eletrônicos, particularmente Youtube e Google, entre 1 a mais de 4 horas por dia, como apoio ao aprendizado. Houve a percepção que o e-learning teve efeito significativo na compreensão didática (65,1%) e na compreensão clínica (71,4%) dos temas abordados.

Estudo5 conduzido na Universidade de Brasília avaliou trinta estudantes de graduação de odontologia por meio de “quizzes” semanais em um grupo de discussão no WhatsApp. Os “quizzes” abordavam casos clínicos com imagem radiográfica ou tomográfica e uma questão de múltipla escolha. O resultado de questionário de satisfação, aplicado no final do semestre, mostrou atitudes positivas dos estudantes referentes ao uso do WhatsApp, considerado útil no aprendizado de radiologia oral.

Não obstante os benéficos do e-learning na educação odontológica contemporânea, alguns autores6 destacam que os membros do corpo docente precisam educar os estudantes sobre o uso apropriado das mídias sociais, fornecendo instruções sobre este meio de comunicação para prevenir possíveis armadilhas associadas ao seu uso. Neste excesso de informações além das fronteiras da sala de aula, os docentes devem atuar como “conselheiros confiáveis”, ajudando os estudantes a identificar elementos de melhores práticas, bem como diretrizes baseadas em evidências para tomada de decisões de tratamento.

Desta forma, o uso de smartphones no contexto da educação odontológica pode permitir comunicação e acesso instantâneo a informações relevantes aprimorando a forma como os conteúdos são ensinados. Tal abordagem idealmente deve estar atrelada ao desenvolvimento de adequados ambientes de aprendizado por parte dos educadores, bem como ao uso consciente e orientado das mídias sociais pelos estudantes.

Referências

  1. Latif MZ, Hussain I, Saeed R, Qureshi MA, Maqsood U. Use of smart phones and social media in medical education: trends, advantages, challenges and barriers. Acta Inform Med. 2019; 27(2):133-8.
  2. Melkers J, Hicks D, Rosenblum S, Isett KR, Elliott J. Dental blogs, podcasts, and associated social media: descriptive mapping and analysis. J Med Internet Res. 2017l;19(7):e269.
  3. Rung A, Warnke F, Mattheos N. Investigating the use of smartphones for learning purposes by Australian dental students. JMIR Mhealth Uhealth. 2014; 302(2):e20.
  4. Turkyilmaz I, Hariri NH, Jahangiri L. Student’s perception of the impact of e-learning on dental education. J Contemp Dent Pract. 2019;20(5):616-21.
  5. Santos GNM; Leite AF; Figueiredo PTS; Melo NS. Teaching and learning Oral Radiology via the social medium WhatsApp. Rev. ABENO 2017;.7 (1): 
  6. Spallek H, Turner SP, Donate-Bartfield E, Chambers D, McAndrew M, Zarkowski P, Karimbux N. Social media in the dental school environment, part A: benefits, Challenges, and recommendations for use. J Dent Educ. 2015;79(10):1140-52.